Malha fina: Como não cair nas garras do leão?

    como-saber-se-cai-na-malha-fina-1

    Se tem algo que todo investidor  da bolsa deve temer e não desejamos para você, é cair na malha fina da Receita Federal. Nesse processo o fisco fiscaliza todo o seu patrimônio e isso não é nada legal.

    A malha fina, é um pente fino que a Receita Federal faz, sai olhando tudo que o investidor  não informa de seus investimentos de bolsa na Declaração anual ou fizeram de qualquer jeito. Para não correr esse risco, você precisa cumprir com suas obrigações fiscais.

    A essa altura você já deve estar curioso...mas o que é essa tal de malha fina? 

    O que é malha fina?

    A malha fina é um grande filtro da Receita Federal, todos os anos as declarações anuais enviadas são analisadas para ver se constam erros e caso tenha podem ficar retidas pelo leão e, consequentemente ter a restituição retido também.

    Só existe uma forma de sair da malha fina! É preciso corrigir sua Declaração de Imposto de Renda e pagarem alguns casos uma multa. Alguns casos, caso você não corrija a Declaração retida, pode ter o valor da multa dobrado e ainda ter o seu CPF bloqueado, isso vai te impedir fazer muitas coisas, como:

    • Obter financiamentos;
    • Ocupar cargos públicos;
    • Fazer movimentações bancárias;
    • Operar na bolsa.

    Olha o tamanho do problema, não? Se você não quer ter esse tipo de problema a equipe LionTech resolve seu IR na bolsa com poucos cliques...

    Como o investidor pode evitar problemas com a Receita Federal? 

    Em primeiro lugar, investidor, faça seus cálculos mensais! Esse é o primeiro passo para trilhar o caminho da tributação responsável. Através dos seus cálculos de Bolsa, você:

    • analisa suas estratégias de investimentos;
    • compensa seus prejuízos, quando for necessário;
    • paga suas DARFs em dia, quando tiver;
    • já deixa tudo pronto para informar na sua Declaração Anual.

    Para ficar de boa com a Receita Federal, não tem outro caminho. Afinal, ela está sempre de olho na sua variação patrimonial, e espera que você informe tudo para ela.

    Leão da receita está de olho em sua herança - Rede Jornal Contábil -  Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal

    Outra coisa que não dá para deixar de fazer é entregar a Declaração Anual sem os dados de Bolsa. E mais: tem que informar tudo direitinho, porque se o leão notar qualquer inconsistência, é malha fina na certa. 

    Para evitar qualquer desconfiança da parte do leão, é bom ficar de olho nesses pontos, que geram frequente fiscalização: 

    • Além de informar o resultado de todas as operações realizadas no ano, informar também os proventos recebidos e ações custodiadas em carteira em 31/12;
    • Não deixar de conferir, nunca, jamais, os CNPJs das empresas, porque essa informação é a maior causadora da malha fina.

    É, investidor… Você tem que cumprir com suas obrigações fiscais. Pagar a DARF em dia, entregar a Declaração Anual dentro do prazo e informar tudo da maneira correta, são os pré requisitos necessários para manter um bom relacionamento com o leão. 

    Se não cumprir com esses requisitos, vai acabar caindo na malha fina ou com o CPF pendente de regularização.

    Caí na malha fina, como resolvo? 

    Para fazer as pazes com o leão, virar amigo dele e sair da malha fina, você precisa corrigir sua Declaração Anual através da retificação. A Receita Federal te dá a até cinco anos para fazer isso, então não tem desculpas ein?

    Frases sobre fazer as pazes com um amigo

    Se você for notificado e, ao cair na malha fina, acabar com o CPF pendente de regularização, o processo é o mesmo: corrige a Declaração e paga a multa. Depois disso, a Receita terá até cinco dias para regularizar sua situação. 

    malha fina assusta , mas sempre dá para corrigir. Melhor do que isso, só entregar tudo direitinho e manter uma boa relação com o leão. Para isso, você pode contar com a gente pra resolvermos seu IR da Bolsa